quarta-feira, 4 de novembro de 2009

O TEMPO DA CONQUISTA








Houve vários tempos em minha vida.
Mas o pior deles, foi o da conquista.
Não sabia na verdade o que conquistar.
Achei que seria coisas,
logo depois, achei que seria poder,
e depois alguém.
Afoito, sai pelas ruas do mundo,
como um conquistador.
Mas...
As coisas que conquistei, são falíveis,
jamais poderei leva-las em todas as minhas vidas.
O poder só encontrei na espada e no sangue,
e ele se legitima, quando ancorado no respeito,
e na capacidade de liderar.
Conquistar alguém foi minha maior pretensão.
As pessoas são livres.
Tem seu próprio vôo.
Tem suas próprias escolhas.
Hoje estou no melhor do meu tempo.
Estou conquistando minha própria alma.

Ari Mota

7 comentários:

Maura Girassois disse...

Querido amigo Poeta!

Obrigada pelo comentario e pela visita em meu blog!
Tens uma grande sensibilidade e seus escritos são belíssimos! Gosto quando leio o que compreendo, porq muitas vezes me deparo com frases não compreensíveis. Minha linguagem é muito simples; bem coloquial. Não me considero uma poetisa, apenas alguém que tem uma enorme sensibilidade!
Um abração!
Maura

Maura Girassois disse...

Por vezes me sinto uma areia perdida entre a imensidão do mar, mas quando encontro pessoas como você consigo me encontrar....!
Beijos!!!

Maura Girassois disse...

A net é uma maquina tão ilusória, mas sei que através dela batem corações, latejam sensações, encontram-se almas que sobrevivem e procuram um pouco do belo sentimento chamado AMOR!

Bjs!!!

paula barros disse...

Rapaz, você escreve demais!

"Conquistar alguém foi minha maior pretensão.
As pessoas são livres.
Tem seu próprio vôo.
Tem suas próprias escolhas.
Hoje estou no melhor do meu tempo.
“ estou conquistando minha própria alma’"


E conquistando a própria alma, se voa lindamente.

claudete disse...

Você atingiu a meta maior: a conquista de sí mesmo! Por isso esta explosão de palavras transformadoras. Muito bonito , Ari.

Mariana disse...

Puxa! Ser elogiada por alguém que escreveu a poesia que acabei de ler foi o ponto alto do meu dia. Obrigada.

In Pressões disse...

Que lindo! Ainda estou nesse tempo... É extenuante, apesar de necessário - e ingênuo tb... Abços!