segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

LOUCURA


















Se uma linda canção te acordar pela manha, levante sorrindo.
Mas, se ao lado de sua cama, uma bailarina louca, te convidar para dançar,
e se seu quarto for tomado por um bando de borboletas... todas te olhando,
e na transversal um arco íris cobrir sua cama... toda desarrumada,
e sua voz embargada, não conseguir dizer não... não se assuste.
Isso é loucura...
Somos acometidos vez por outra desses devaneios, dessas doces fantasias.
Mas, não estranhe tais aparições, são coisas da alma... ela brinca conosco.
Nos leva a sonhos absurdos, mundos imaginários, sensações diferentes,
faça o que nunca fez, entregue-se a loucura, estenda os braços...
levante para o sonho, sinta o perfume da insensatez... só por um dia.
É um presente que sua alma lhe oferece, ela tem visto seus combates,
isso tudo, é pra quebrar a sua sisudez, você perdeu o sorriso, o brilho,
esqueceu a alegria no bolso do seu paletó, no último cabide do guarda-roupa.
Tem saído para viver um dia lindo de sol, com guarda chuva e galocha.
Mas, dance, se preciso um dia inteiro, e será aplaudido por todos,
pelo menos eu e as borboletas vamos espiar aquele beijo maluco,
que vais roubar daquela bailarina louca...ame, apaixone-se...
Toda paixão tem um pouco de loucura, e toda loucura é uma doce paixão.
Enlouqueça só por um instante, dance para a vida...dance para você.
Surpreenda o mundo com sua alma enlouquecida, estamos enfastiado de almas enfurecidas.
Viva uma loucura... uma unica vez...



Ari Mota



8 comentários:

paula barros disse...

Nossa!!!! Adorei, adorei.

Deu vontade de ser a dançarina louca, deu vontade de dançar com qualquer louca emoção, deu vontade de voar nas asas da borboleta...

Pelo menos tenho o pensamento para me fazer sonhar, ou o sonho para me fazer rodopiar...

bjs

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Ari, que lindo.
Que vontade de dnçar, pra mim, pro mundo!!

Escutarei uma canção, e lembrarei com carinho de tuas linhas...

Beijo.

(a cada dia me impressiono mais com tua prosa poética)

Simplesmente Outono disse...

Volto com o mesmo carinho, admiração e respeito de sempre.
Folhas secas para alguém extremamente especial em suas expressões.
Simplesmente Outono.

Lara Amaral disse...

Não estranhava quando essa loucura vinha, comecei a estranhar quando ela resolveu sumir.

Lindíssimo texto!

Boa semana!

Nara Sales disse...

UAuuuuuuu!
Que lindo! Que paixão, que loucura, que doçura.

Norma Villares disse...

Eu também adoreiiiiiiiiii.
Que maravilha, vou sair daqui cheia de energia.
Muito bom!
Abraços sublimes

Simplesmente Outono disse...

Volto com o mesmo carinho, admiração e respeito de sempre.
Folhas secas para alguém extremamente especial em suas expressões.
Simplesmente Outono.

Elaine Barnes disse...

Maravilhoso amigo! Acho que estou precisando viver uma loucura sim.Boa Idéia! rs... Lindo texto e veio bem a calhar! bjão