quarta-feira, 7 de abril de 2010

O MEDICO DA ALMA


Somos acometidos por duas patologias...
Uma degrada o físico e traz a falência dos órgãos,
a outra provoca as vicissitudes da alma,
e traz o acaso como destino.
A primeira nos leva ao leito e às vezes nos faz sucumbir,
a segunda instala o desassossego, os distúrbios emocionais,
impede-nos durante toda a existência...de ser feliz,
provoca tamanha temeridade no existir,
causa medo, desespero, produz refluxo na alma.
E nada adiantará sair à procura de um fármaco,
e tentar adquirir uma cápsula de alegria,
ou uma drágea de felicidade.
A cura habita em um templo dentro de nossas almas,
as chaves estarão sempre em nossas mãos,
porque seremos sempre os guardiões.
Abrir, entrar e alterar nosso caminho, nossas vidas,
dependerá somente da intensidade do nosso amor.
Porque, a vida é amor...
E a receita para combater as patologias invisíveis,
imaginarias da existência,
estarão quando a vida lhe capacitar,
e lhe transformar em Médico da própria alma:
e fazer da sua caminhada uma longa e suave viagem,
e permitir que em suas paradas para descanso,
possa extasiar diante das emoções, do riso, da lagrima,
da infinita vontade de amar até o fim,
não fazendo da vida um fardo,
mas da alma um instrumento do amor.

Ari Mota

6 comentários:

Sonhadora disse...

Ari
Belo texto, como sempre.

deixo um beijinho

Sonhadora

Marcello disse...

A vida é amor....

Sem comentários.... rsrsrs

Nara Sales disse...

O amor salva tudo. Ele nos mostra todas as coisas.

Denise disse...

No período do descanso compulsório da viagem chamada vida, a comunhão com as emoções é o acesso íntimo que cada um de nós tem com a infinita possibilidade de mudanças e transformações que esvaziam o peso da bagagem. Essa capacidade nos agiganta diante dos obstáculos, fortalece-nos na caminhada. É um processo de amor próprio que se amplia e respinga amor pelo caminho, "Porque, a vida é amor..."

Bela construção, Ari. Como sempre, brinda-nos com sensibilidade.
Abraço forte!

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Ari,

Adoro os seus textos...

Muito bem colocado de sua parte, meu querido amigo, ao dizer que: "E a receita para combater as patologias invisíveis, imaginarias da existência, estarão quando a vida lhe capacitar, e lhe transformar em Médico da própria alma:..."

Temos que auscultar a nossa alma, identificar as suas emoções e tratá-las.

Beijos,

ASTROTERAPIA JUNGUIANA disse...

A doença da Alma é a pior com certeza. Adorei seu blog vou segui-lo. Cynthia.