quarta-feira, 31 de março de 2010

JUVENTUDE


Se por acaso perceber que sua sombra espelhada no chão,
não tem somente o seu espectro, e que além do seu corpo,
duas asas estão ali como se quisessem levantar vôo.
E em delírios rumar em direção ao infinito... em festa,
e em risos ludibriar as rudezas da vida e bailar noite adentro.
Não estranhe tal atitude da sua alma, ela esta no melhor do seu tempo.
É o tempo da juventude... tempo de sonhar.
Mas, se, contudo isso, e depois da sombra com asas,
escutar um barulho dentro do peito, como se fora um terremoto,
e perceber que algo bate dentro do corpo, como se fora explodir,
e neste ímpeto, não conter as emoções, chorar sem querer,
rir sem ter graça, ou cair em solidão no meio de uma imensa multidão,
e sentir que na verdade a alma pulsa demasiadamente, escandalosamente,
querendo pular do corpo e sair em disparada pelos caminhos do destino,
livre, desatada, pronta para os combates da vida, cheias de desafios e devaneios,
não pense que a loucura tomou conta da sua existência,
e que sua lucidez desgarrou-se do seu existir, e foi embora.
Não... não é nada disso...
é apenas a juventude em fantasia, desfilando no palco da vida.
É o tempo de acreditar, crer...
viver um grande amor, ou cair em lagrimas por ele.
E se ao longo da vida...
sua sombra sempre espelhar no chão com asas,
e sua alma querer sair do corpo, desvairadamente,
como uma bailarina enlouquecida,
querendo bailar com algumas borboletas,
tudo em nome do amor.
“ isto é juventude... juventude eterna.”

Ari Mota

6 comentários:

Lara Amaral disse...

De vez em quando dá isso, pena quando some as asas.

Lindo!

Marcello disse...

Meu Deus....

Juventude disfarçada de angelitude onde tudo não passa de desafios, nada é tão ruim quanto parece....

Faço minhas as palavras da minha querida poetisa nômade Lara... Lindo....como sempre né ?

Boa Páscoa, muita paz,e Jesus no coração

Edith Lobato disse...

A juventude é isto, este pulsar descompassado que as por vezes achamos que são problemas, mas na verdade são as lunações que a vida tem de passar para que o sujeito amadureça. Parabéns e Feliz Páscoa.

Sonia Pallone disse...

Seu coração poeta enche o meu de admiração e carinho., lindo texto Ari. Bjs, boa Páscoa.

Sonia Pallone disse...

Seu coração poeta enche o meu de admiração e carinho. Lindo texto Ari, beijos, boa Páscoa.

Simplesmente Outono disse...

Certezas assustadoras, contundentes além do suportável. Magnitude: palavra perfeita visto tamanha grandeza de sentimentos. Corroboro com evidente verdade. Em determinado momento da história a vida nos impõe o seu basta esgotando toda e qualquer possibilidade de lutar contra. Perdermos as forças e involuntariamente abrimos a guarda. Assim, um dilema foi estabelecido. Saudade, muuuuita saudade das tuas letras. Com extremo carinho e respeito do mesmo Outono de sempre.