quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

UM PRESENTE PARA MIM


Andei distribuindo coisas, presenteando amigos e amores,
brindei com o amarelo esplêndido do ouro,
e o brilhante reluzente das pedras e flores.
Abracei em noites de festa e beijei em madrugadas de desejos,
celebrei ciclos, solenizei esperanças,
aplaudi a pirotecnia das noites em brilho,
brindei ao bater das taças a procura de ensejos.
Comemorei em cobiça e apetecido, e em busca... fui atrás da alegria,
e em euforia comovi em êxtase o mudar dos tempos.
Dancei valsa à meia noite, beberiquei vinho em fantasia.
E mesmo assim e embriagado... voltava sozinho.
Eram tempos... de vazios, de procura.
E presentear coisas, era como se fosse conquistar afeto e carinho.
E em busca... procurava a mim mesmo.
Mas, um dia... após uma ventania... que até chorei,
apercebi que as raízes da minha alma estavam expostas,
tive que escorá-las, ampará-las... e a replantei,
a cravei forte dentro do peito,
borrifei delicadeza e a umedeci com gotas de sutileza.
E desde então, passei a presentear a mim... todos os sentimentos.
Renasço em todas as manhãs, em todos os olhares,
não vivo de ciclos... vivo de hoje... somente do agora.
E todos os dias... amanheço em festa, em contentamento,
doei a mim mesmo, coragem para ser feliz.
E o destino, como se não bastasse, também me presenteou:
sempre colho rosas vermelhas, por onde vou,
sempre borboletas azuis cantam para mim,
e uma louca bailarina... baila comigo,
e em juras disse-me, que é por amor,
e até o fim.

Ari Mota

6 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo e poeta adorei o poema mas achei essa frase maravilhosa;
"Renasço em todas as manhãs, em todos os olhares,não vivo de ciclos... vivo de hoje... somente do agora"., li e reli várias vezes, é lindo demais. Beijocas

Bruno disse...

Referencio-me ao amor
E nesta jornada não compactuo a nenhuma voz
Meu destino é minha certeza
O meu amor está no sangue das veias.
Cada ação semeia em pedras, resfria vulcões.
Os passos são firmes e os olhos de vencedor.
São sentimos de chegada.
São sorrisos brilhando em forma de alegria.
Encanto-me de você
Sinto uma energia viva
Um cheiro de universo
Referencio-me a você
Como alguém que nunca amou.
Estou sempre aqui!

Um belíssimo novo ano!
Sinceros carinhos do teu filho
Bruno Mota

Kelly disse...

Oi Ari, desejo que o seu Natal seja brilhante de alegria, iluminado de amor, paz e harmonia. Feliz Natal!!!
beijos

Folhetim Cultural disse...

Olá parabéns pelo trabalho e pelo blog. Gostaria que visitasse meu blog que é este: informativofolhetimcultural.blogspot.com
nos siga abraços
Ass: Magno Oliveira

claudete disse...

Querido amigo, obrigada pelo belo presente , na tua crônica ,no nosso Blog. Desejo-te de verdade todos os sonhos possíveis materializados no próximo ano, na certeza de que não vacilarás nunca na procura dos objetivos , posto que embasados na Fé que anima teu coração e tuas ações. Fiquei sensibilizada pelas palavras escritas . Feliz Dia de Natal! beijos.

Marilu disse...

Mais um ano está chegando ao fim, e na beleza das noites iluminadas, os sonhos de muitos corações se preparam para a viagem à procura de suas realizações, que ocorrerá durante todo o ano vindouro.
A mesma ocorreu no ano que por hora se finda.
Sonhos saíram, alguns já voltaram sorrindo e outros, de mãos vazias, aguardam a chegada do novo ano, para seguir numa nova busca
E quando a meia-noite trouxer o Novo Ano para o mundo e os fogos de artifício anunciarem a sua chegada, nossos sonhos sairão por aí...
Que Deus tome a frente e que nas noites sem luar, as estrelas brilhem mais forte, iluminando o longo caminho.
Que no próximo ano possamos continuar a ser amigos e esperarmos juntos a chegada dos nossos sonhos que partiram, comemorando com imensas taças de amizade verdadeira a vinda e a realização de cada um.
FELIZ ANO NOVO.....FELIZ 2011

Beijocas