sábado, 31 de dezembro de 2011

PLANO DE VÔO PARA A ALMA


Bom mesmo... foi que inventaram a magia do tempo,
e depois, colocaram dentro dele o extraordinário fenômeno... viver,
e não conseguiram dimensionar a fugacidade da sua existência,
nem a ilusão de que ele não existe,
ou que nada faz, para tudo acontecer.
E assim... embriagamos-nos no engano da espera,
remasterizamos nossos desejos em renovação,
reformamos nossas vontades, e começamos tudo outra vez,
como se tudo fosse ser diferente,
sem talvez iludirmos com o abandono, com a solidão,
e na descoberta... ver que tudo é pura quimera.
Mas, que venham... novos tempos, vamos começar de novo.
E em êxtase brindar os ciclos que chegam e que vão,
e construir um plano de vôo para alma,
encher o tempo de esperança,
e olhar para si mesmo... com mais confiança,
e sempre tomar uma outra direção.
E na dúvida... saltar, atrás de nossas verdades,
sem temer o caos absoluto e este mundo contraditório,
fugir sim... das ideologia, sem fugir de si mesmo,
planear um pulo para dentro, sem negar o descaminho,
voar como se acima do Himalaia estivesse,
mesmo sozinho,
a procura da ousadia de ser livre,
e a coragem de ser feliz.
E depois... planar acima do vôo contemplativo de um Condor,
e em rasantes enlouquecidas,
aterrissar dentro de nós mesmos,
e desvestir o que de tímido,
esquecido,
temos
de
amor.

Ari Mota

3 comentários:

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Que o ano de 2012 seja pleno de amor e felicidade...paz e prosperidade...repleto de realizações e sonhos concretizados...que a vida seja uma suave e doce melodia.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Sonia Pallone disse...

Que 2012 se vista de grandes surpresas deliciosas pra vc meu querido poeta. Bjs

claudete disse...

Coragem e força para gritar -"Eu te amo","Eu me amo", mandando para bm longe a timidez! Abraços Ary e Feliz Ano de 2012.