quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

A INTENSIDADE DOS SENTIMENTOS


Há... os que o procuram uma vida, desatinam na escolha,
desvairam na busca, perdem-se nas madrugadas.
E às vezes em desespero, e em desalento,
soçobram no vazio de si mesmo, do próprio sentimento,
e fingem contentamento na frieza estúpida das baladas.
Humilham-se na ilusão do encontro, no avolumar da solidão,
e voltam... dilacerando a calma, em estreiteza... em desilusão,
continuam sós... e em desejos.
Querem um afago, um amasso no portão... e beijos,
precisam de um olhar, de um toque na pele, de rosas vermelhas,
de um declamar em delírios, de um desvario, e de uma flor.
Depois pedem um suspiro enlouquecido, e um corpo aquecido,
uma melodia que verseja emoção, e que fale de amor.
Mas... às vezes ele chega como uma brisa descomprometida.
Invade a alma, aloja-se num canto em quietude,
vem como se fosse perpetuar no tempo, e em brandura.
Agarra de forma visceral em nosso existir, vira ternura.                                      
senta ao nosso lado e toma nossas mãos... em solitude,
permanece em risos pela vida afora.
Outras vezes chega manso... fica ao nosso lado em calmaria,
e depois vira tempestade, ventania,
e vai embora.
E isso, é a temporalidade do amor.
O estado interino de sua efervescência,
o que de fugaz é sua passagem, sua existência.
Em tal caso... não o viva de forma eterna,
mas, enquanto dure... o sinta com toda a intensidade,
com todos os poros, com todo o capricho...
E antes que se finda, e antes que se desabe.
Apenas o tenha com todo o sentimento,
antes que ele acabe.
É preciso ter coragem para amar...
brincar de amor.

Ari Mota

5 comentários:

Anônimo disse...

Se pudesse transformar aplausos em palavras,
Gritaria em letras maiúsculas e,
Convocaria todos os leitores e poetas para celebrar o novo.

E disser ao mundo, que enfim,
Existi um doce novo modo de encantar os humanos!

Parabéns Poeta, BEIJOS.

Do teu Filho, Bruno Mota.

Cores da Vida... disse...

Oi Ari...,
Muito bom... Creio que muitos se identificam com esse seu texto, assim como eu, em vários trechos.

Sempre digo que amar não é temer...

Beijos,
Ana Lúcia.

Evanir disse...

Estamos a poucos dias do Natal esse dia especial que vemos passar por nós
incansavelmente ao longo de toda a vida.
vamos abrir as portas dar ao Menino Deus as boas vindas ao aniversáriante.
Um Feliz Natal ..Paz Amor E Luz De Jesus.
Obrigada por estar presente na minha vida no decorrer desse ano que breve chegara ao final.
Deus permita que nossa amizade seja iluminada pelo menino Jesus.
Um Natal De Felicidade Para Você Familia E Amigos.
Beijos ternos e carinhosos.
Evanir.
Tem um presente de Natal no blog se gostar esta a seu dispor.

Cores da Vida... disse...

Caro amigo, Ari,

Desejo-lhe,
Boas Festas...!!
Feliz Natal e Ano Novo...!!
Saúde, Paz, Sucesso e Amor.

Que muitos outros textos poéticos possamos ler de você, em 2012, ainda.

Beijos,
Ana Lúcia.

Carmem Lucia Vilanova disse...

Amigo Ari...
Quero aproveitar hoje para desejar-lhe um Natal lindo e cheio de paz, harmonia, ternura e muito amor...
Que no ano novo que se inicia possamos continuar a partilhar idéias e ideais...
Obrigada por continuar a fazer parte de minha vida...
Beijos, flores e muitos sorrisos!