quarta-feira, 4 de maio de 2011

EM BUSCA DE SENSATEZ


Eu sempre me olho, faço uma varredura no que sou,
e em vigília, e em metáfora... sou um barco a navegar,
tenho madrugadas de calmaria, noites de ventania,
delírios de medo e tempestades em alto mar.
Quando cessa os movimentos das ondas e dos ventos,
estendo as velas sobre o meu peito, e com todo o jeito,
remendo os furos, conserto os rasgos, costuro os vazios,
emudeço os soluços, enxugo as lagrimas, e afago os desvarios,
e a reconstruo para a próxima tempestade.
Fiz de mim um barco... da minha alma uma vela,
com toda a intensidade,
andamos pelos mares do existir,
como dois aventureiros... somos cúmplices, amantes,
solitários... errantes.
Vivemos assim...
Às vezes a deriva, às vezes sabendo aonde ir.
Recomponho-a... reparo sempre e sempre depois dos temporais.
Ela gruda em mim como se eu fosse um mastro,
e eu a ela... como se fosse um lastro.
Estamos em conivência em nossa viagem,
às vezes quase morremos de incerteza,
e depois de coragem.
Vivemos assim...
Atracamos ao anoitecer,
zarpamos sem destino ao por do sol,
como dois enamorados contando estrelas,
plantando rosas vermelhas e girassol.
Eu sempre me olho, sou mais alma... que corpo.
Mais vela... que barco, mais vento... que mar.
Embora tenha devaneios de poeta,
sou mais certeza... que talvez.
Eu e minha alma navegamos,
em busca de sensatez.

Ari Mota

4 comentários:

Denise disse...

A mais bonita viagem que vc já contou!
Emocionante, ma-ra-vi-lho-so!!!

Um beijo, enquanto te aplaudo!

Elzenir Apolinário disse...

Ari, como são lindos seus textos. Estou comemorando 2 anos de releituras. Venha comemorar comigo e leve o selo da amizade. Espero-te. Abraços.

Marilu disse...

Querida amiga, meu blog Devaneios está completando um aninho de vida, e gostaria de convidá-la para comemorar. Tem um selinho lá para você. Tenha uma linda semana. Beijocas

claudete disse...

Caro Amigo, somos o barco sim ,navegando na imensidão do Mar que é Deus. "O VENTO FORTE QUE NOS LEVA PRA FRENTE É O AMOR DE DEUS", são versos da mais linda canção que evocam teu poema. Abraços e semana feliz para você.