terça-feira, 13 de março de 2012

O TEMPO NÃO EXISTE

Pode levar um tempo, uma vida... pode ser até um quase existir,
mas que a descoberta seja como um sopro vindo de dentro,
e te faça ver:
Que o tempo não existe, ele é uma ilusão,
não tem princípio, nem fim,
está escondido absurdamente entre estes dois extremos.
Ele nada mais é... que este instante, o que você vive, e faz acontecer.
Ele na verdade é o tamanho do seu sonho, da sua ousadia,
da sua coragem para evolucionar,
é fugaz como uma ventania, efêmero como uma aflição,
embriagante como a loucura, célere como a estúpida agonia,
ele aproxima em silêncio, fantasiado de calmaria,
e depois como um temporal dilacera a alma, sem sangrar.
Cuidado para não fazer do tempo uma contagem...
do seu desespero.
Ele pode iludir a pressa, e aprisionar o andar,
e em desalinho afastar você... de você mesmo.
Como o tempo não existe, é uma imensa ilusão,
antes, que tudo acabe... antes, que tudo vire solidão,
alinhe-se... o seu tempo é o agora.
Busque o riso sem artifícios, e a alegria sem embriaguez,
e não seque as lágrimas sem razão,
nem tão pouco esqueça pelo caminho... a lucidez.
O único tempo... é o tempo do alinhamento,
entre você e o seu sonho.
E sonhar é um processo ínfimo, sem muita explicação.
Alinhe-se... o seu tempo é o agora.
A vida pode não lhe oferecer outra chance,
não espere, flua como gotas de orvalho ao vento,
pulverize carinho, alegria... pode ser só com o olhar,
seja feliz, hoje... amanhã, pode não dar tempo.
Regue a sua alma, como o jardineiro faz com a flor,
trabalhe... o seu corpo como se fosse um bonsai,
porque tudo se esvai.
Faça do seu tempo... um reedificar,
neutralize a rudeza do cotidiano,
cresça para dentro,
exista por amor.

Ari Mota

5 comentários:

carla disse...

O tempo! Nunca se tem tempo para fazer tudo aquilo que se deseja. Belo video ,gostei!

Feliz sexta feira ,beijo

Carla Granja

http://paixoes-encantos.blogs.sapo.pt/

claudete disse...

Muito bom! atemporal este post. Bom domingo Ari

Marilu disse...

Querido amigo, realmente o tempo de ser feliz é agora, amanhã pode ser tarde demais. Lindo. Tenha um excelente final de semana. Bjs

Cores da Vida... disse...

Meu querido amigo Ari,
São palavras de uma pessoa realista e eu concordo com elas...
Muito bem colocado.
Beijos e um abraço,
Ana Lúcia.
Obs.: Gostaria que desse o seu palpite em minha ousadia, lá no meu canto.

Denise disse...

Não por acaso tantos pensadores defendem a importância de viver o agora - único tempo que existe - sob pena de perder-se em desalinho, vivendo de dias que não mias existem, com fome dos que ainda não chegaram...

Lindo, como sempre!
Vamos fluir...um beijo!!