sábado, 18 de janeiro de 2014

O REENCONTRO

A vida foi me acontecendo... assim...
e em tempo nenhum olhei tanto em... solitude,
inventei que era das coisas que arrastei pelas ruas,
dos bailes que não fui, das bocas que não beijei,
das musicas que não ouvi, das lembranças suas,
dos porres que não tomei, dos desejos... das pernas nuas,
e depois, com muito espanto, vi que... sofria de longitude,
estava com... ausência de mim.
E a vida foi me espremendo... assim...
foi produzindo vazios existenciais,
uma ausência inoportuna... chegava a me incomodar,
e, eu que prometi mesmo sozinho, nunca ficar em solidão,
quase morria de saudade, de vontade... e de algo encontrar,
e fiquei olhando o passado... esperando alguém me alcançar,
e um dia... vi o tamanho do abandono... intervalos abissais:
a distância que tomei... de mim.      
A vida me aconteceu... como se fora um indefinível... ardor,
levei um bom tempo... para me freqüentar,
para proteger-me das ventanias... entender as minhas agonias,
interiorizar-me, e descobrir quem me habita,
e me amar para sempre... provocando o que me... incita,
e fazer minha alma... rebrotar todas as manhãs...
como quem se... reabilita,
e aprender... jamais me perder... e a mim sempre reconectar,
e não caber em si... de amor.
A vida me aconteceu... assim
quando o cansaço me alcança... reacendo a minha luz,
ergo-me depois dos tropeços, mudo de rota...
dou uma demão na vida quando ela desbota,
e com os meus reinícios... em tudo, a vida...me reconduz,
pois, o melhor... inda, pode estar dentro de mim.
A vida me aconteceu...
e o destino me permitiu o reencontro,
sou uma obra ainda sem desfecho... mas, este sou eu.
Procurei tanto, o que me faltou tanto... que só eu sei
que de tanta teimosia,
me... encontrei.


Ari Mota

2 comentários:

Nádia Santos disse...

As vezes nos abandonamos, esquecemos de nós, mas o reencontro é inevitável. Maravilhoso poema Ari, como sempre. Um bj carinhoso.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

E como é bom descobrir que ainda existimos e estamos de porta aberta à vida.
Como sempre as tuas palavras tocam-me.

Um beijinho com carinho
Sonhadora