domingo, 13 de maio de 2012

CATIVAR O MOMENTO

Volte...
vez por outra no passado, para buscar o que viveu,
e depois mergulhe na ilusão do amanhã para buscar os seus sonhos,
mais volte em ligeireza... para o seu agora,
este é o seu grande momento.
Volte... algumas vezes onde a inocência se perdeu,
e nada traga... nada busque, nem remoa angustias vividas,
não ouça o eco dos soluços, nem filtre as lagrimas vertidas,
jogue-as, esparrame-as ao vento.
Vá...
entranhe-se na distancia do amanhã, na certeza da dúvida,
e que nada possa encontrar... além dos segredos do existir.
E depois venha viver e cativar este instante,
e em êxtase viver este momento... senão ele passa,
e um vazio arromba a sua alma,
escancara a sua lucidez, o deixa à margem,
sem alento, sem vontade de continuar.
Não ande a procura do que passou, nem tema o que vai chegar,
podes embrutecer a ousadia e abandonar o atrevimento,
e morrer... antes de arriscar.
Cativas o agora, este momento...
Ouça a musicalidade do mundo, aperceba as pessoas,
o murmúrio de um rio, o cantar dos bem-te-vis,
a visita das borboletas, a coerência de um abraço,
a sutileza de um carinho, o descobrir de um caminho,
e ame em demasia... além do extremo de si mesmo,
ria, dance, sinta uma linda melodia,
antes, que tudo se torne cansaço.
Cativas este momento, ele é único... ímpar,
coloque harmonia no olhar, não viva em descompasso.
O agora... pode ser o último instante, o último esplendor,
amanhã... sozinho... em solidão,
podes não ter ninguém para cativar,
morrer de amor.

Ari Mota

2 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo, hoje, agora é o momento, de viver intensamente. Não sabemos se o amanhã existirá. Tenha um lindo final de semana. Beijocas

Cores da Vida... disse...

Querido amigo Ari,
Viver o momento em sua plenitude, com todos os tempos vividos em (um único) dia, é a maior prova de amor que se pode dar a si mesmo..., um carinho de encher a alma...

Muito bom...

Abraços e bom início de semana,